A pureza da contradição

Viver o nosso tempo é maravilhoso, intoxicante e desafiador. Na perspectiva da multiplicidade, das diferenças, da fragmentação, da segmentação, dos potenciais e oportunidades, nosso mundo tornou-se essencialmente singular quando confrontado com qualquer outra época. Não temos mais um conceito dominante, seja em que área for: a moda é tribal, na arte não há mais movimentos … Continue lendo A pureza da contradição

Brasil hipócrita

Algumas semanas atrás escrevi sobre o Brasil pornográfico. Hoje destaco mais uma característica de um Brasil que tem se revelado repleto de idiossincrasias e nuances não detectadas por nossos sociólogos, cientistas políticos, enfim especialistas de diversas áreas do conhecimento humano. Se eu estivesse errado não haveria tanto espanto e assombração diante de fatos, estatísticas e posicionamentos … Continue lendo Brasil hipócrita

Strindberg e a dimensão do homem

  August Strindberg, conhecido escritor e dramaturgo sueco (1849/1912), que após conquistar fama e estabilidade financeira, mergulhou em uma aventura existencial, lutando contra o seu anjo particular; experiência que o levou à miséria material e ostracismo social. Rompeu seu casamento, bem como outros laços sociais para dedicar-se, quase anonimamente, à alquimia e às pesquisas no … Continue lendo Strindberg e a dimensão do homem

Militarização e morte

Não entendo pessoas que propõem o caminho da militarização como solução para quaisquer dos males ou contradições da sociedade. Não conheço qualquer movimento, exercido através da força, que tenha gerado mais felicidade ou justiça entre os  povos. Todas as revoluções (mesmo aquelas) iniciadas em nome do povo, que se apoiaram no braço armado, geraram tiranos … Continue lendo Militarização e morte

O escândalo para baixo do tapete

Vamos aos números, eu não gosto deles ou melhor, apenas deles (porque quando apenas os números falam trata-se de uma tecnicidade), mas vou usa-los já que a maioria das pessoas têm por hábito embasar suas decisões e crenças nos números. Afinal a frase que estas pessoas usam é: contra os números não há argumento. São … Continue lendo O escândalo para baixo do tapete

Perspectiva do infinito

Nascido Maurits Cornelis Escher (1898-1972), durante sua vida realizou 448 litografias, xilogravuras, mais de 2000 desenhos, água-tintas entre outras, tornou-se mundialmente conhecido como M.C. Escher. O artista gráfico que subverteu a perspectiva, transformando o espaço bidimensional em um campo para além da tridimensionalidade. Procurou matemáticos para alimentar, com o rigor estético, a poética que sua arte … Continue lendo Perspectiva do infinito