Perspectiva do infinito

EscherOK_Fotor_Fotor_Collage

Gravuras de M. C. Escher

Nascido Maurits Cornelis Escher (1898-1972), durante sua vida realizou 448 litografias, xilogravuras, mais de 2000 desenhos, água-tintas entre outras, tornou-se mundialmente conhecido como M.C. Escher. O artista gráfico que subverteu a perspectiva, transformando o espaço bidimensional em um campo para além da tridimensionalidade. Procurou matemáticos para alimentar, com o rigor estético, a poética que sua arte desejava.

Escher-Day-and-Night_Fotor

Mas o que sempre me instiga na arte de Escher é sua habilidade para nos colocar em um território, ao mesmo tempo, orgânico e geométrico. Permanece visível o caos em sua ordem quase perfeita. Ele reúne luz e sombra ocupando o mesmo espaço, revolvendo a física enquanto a reafirma. Suas linhas retas, suas perspectivas renascentistas, incrivelmente nos remetem por caminhos caóticos e tortuosos.

Escher-Sky-and-Water_Fotor

Suas noites são também dias, seus peixes voam igualmente como aves, os corpos que sobem as escadas são os mesmos que também estão descendo. Sua curvas são retas e estas por sua vez são sinuosas, quem vê também é olhado, Aquilo que está dentro igualmente está fora. Nada parece estar fora do lugar. Escher abre perspectivas e ângulos nos colocando em reflexão sobre os espaços que ocupamos: O que existe ou coexiste em nosso entorno? Algo ou alguém também ocupa o espaço e o tempo em que estamos vivendo?

Escher-Relativity_Fotor

Este é o infinito que tento descrever também nos dois outros posts sobre o tema: Máscaras do infinito e Onde habita o infinito. Um infinito que se apresenta aqui e agora. Ele não está infinitamente distante ou imensamente para dentro de nossas profundezas moleculares. Esse infinito nos permeia e desta forma nos coloca em contato com o passado absoluto e o futuro das possibilidades.

Escher conseguiu corporificar, através de um choque com nossas mais sólidas percepções, o infinito em imagens reveladoras e fulgurantes. Esse é o caminho que confere liberdade e autoridade à arte desejada.

Escher-Belvedere_FotorEscher_FotorEscher-Three-Worlds_FotorEscher-Curl-up_Fotor

Infinite Perspective 

Etchings by M. C. Escher

During his life Maurits Cornelis Escher (1898-1972) produced 448 lithographs and woodcuts and more than 2,000 drawings, water-paints and other works. He became known worldwide as  M.C. Escher, the graphic artist who subverted perspective, transforming two-dimensional space into a field beyond tri-dimensionality. He turned to mathematics to nourish, in combination with aesthetic rigor, the poetics that his art desired.

What has always instigated me in Escher’s art is his ability to place us in a territory that is simultaneously organic and geometric. Chaos remains visible in his nearly perfect order. He combines light and shadow to occupy a single space, revolving the physics as he reaffirms it. His straight lines and Renaissance perspective incredibly lead us on chaotic and torturous paths.

His nights are also days, his fish fly like birds, bodies that climb stairs are the same as those that descend them. His curves are straight lines, which in turn are sinuous. Those who see are also seen. That which is inside is also outside. Nothing appears out of place. Escher opens perspectives and angles causing us to reflect on the spaces that we occupy: what exists or coexists around us? Does something or someone occupy the same space and time in which we are living?

This is the infinite that I have tried to describe in two other posts about the theme: Máscaras do infinito [Masks of the Infinite] and Onde habita o infinito [Where Does the Infinite Reside?]. This infinite is presented here and now. It is not infinitely far or immensely inside our molecular depths. This infinite permeates us and puts us in contact with the absolute past and future of possibilities. Escher is able to embody, by shocking our most solid perceptions, the infinite in revealing and fleeting images. This is the route that confers liberty and authority that his art desired.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s